4 de abr de 2012






NUDEZ PECADORA

Mira-me a nudez
Por desejos cientes
De um amor que se fez
Sem reflexo de mente.
Nudez em pecado,
Por simples sedução
Um amor abafado
Sem dor, só paixão.
Foi o tempo vestido
Pelo nosso afeto
Que com corpos unidos
Se fez o liberto.
Passou o momento
Na hora vivida.
De um amor em relento
Uma criança nascida.

Poema do Livro "Íntimo Amor Utópico" do Poeta Lucarocas

Nenhum comentário:

Postar um comentário